30 de julho de 2018

Ben Brother

Ele interpela meus mais sombrios pensamentos cotidianos iluminando meu dia com um largo sorriso e um tom de interrogação sobre a vida que só ele é capaz!

O que é isso dinda?

Ahhh meu coração se derrete em vê- lo crescer e realizar as próprias escolhas acerca da descoberta de um mundo que aos olhos dele,  é mágico...tem forças potentes e fazem "tudo" estremecer com a força do pensamento e o apertar dos dedos das mãos...

... tudo que parece estrondoso ou sonoramente oco...com sons em tons graves leva-O à uma gargalhada deliciosa que falta arrancar a nossa alma de tanto prazer e felicidade em ouvi-lo...

Há um que de curiosidade em TUDO em cada graveto recolhido do chão sob critérios únicos... que delícia contemplar esse cuidado na volta da pracinha que foi o local do passeio desta tarde... fruto de um pedido irresistível: Dinda, tive uma idéia: que tal irmos na pracinha brincar nos brinquedos novos antes de você ir pro Shalom?  💙

Ter o brinco arrancadoda orelha umas 10 vezes durante a brincadeira... só você!

Do nada quando parece que um milagre acontece e tudo silencia num olhar despretensioso ....lá vem você... Dinda, faz tapioca! [Num guento!😍]

Delícia é ver nos teus olhos e expressando seu corpo a felicidade de ver a família reunida para assistir sua  apresentação na escola... tenho aquele sorriso como minha melhor fotografia...

Hoje,  vejo você fazendo escolhas de sapatos para cada tipo de atividade... fantasias diferentes para cada brincadeira  dizendo um 《não quero》 com propriedade e justificativa de uns 3 minutos.... kkk [ ¡aí, meu Deus está  crescendo!  ]

São tantas histórias... Zé do caixão e Obra de Arte... A Medusa e o Ornitorrinco... A 1a pedalada na bicicleta e a frustação do pedal.

Sinto saudades, já, da bateria de madeira...

Hoje tive vontade de registrar... já que você iniciou um novo tempo... Foi PROMOVIDO irmão mais velho e parece que "sua ficha já caiu" [expressão arcaica, que certamente nunca. entenderá rs]

É maravilhoso ter você para experimentar o amor gratuito...

27 de maio de 2018

Reflexão do dia

...reflexão do dia...
De quê são feitos meus dias?
Quem me habita?
De que matéria é feita minha essência?
O que tem direcionado meus passos, decisões e escolhas?
O que tem sido importante?
Quais são minhas prioridades?
Se a aurora da vida chegasse hoje o que levaria?
Teria eu cumprido a minha missão?
Que valores tem marcado o meu SER... como mulher, esposa, irmã, filha, tia, madrinha, afilhada, amiga, educadora, mãe (...) ?
Qual é a matéria dos meus sonhos?
Minhas ultimas lágrimas valeram à pena?

#vidamaisleve

19 de maio de 2018

Escrita

Eu queria escrever e registrar o que acontece dentro em mim diariamente... os inúmeros movimentos que meu coração faz em milésimos de segundos ... questionando-me, interpelando-me...
Uma inquietação característica deste novo tempo mas que embora novo traz marcas de antes...
Santa. Justa inquietação!
Não tenho tempo de VIVER tudo que gostaria na intensidade que gostaria...
Então saio torcendo o tempo...dando voltas no pensamento, refazendo valores e fazendo escolhas...
Pressupondo muitas perdas... [ que sejam fecundas] não posso parar....não tenho tempo de sofrer..
Mas sofro na correria... o que é santo e belo me ultrapassa e refaz... do que nem lembro nome....vou vivendo...
Sinto-me "jogada"...lançada de um lado a outro por uma força propulsora inquestionável e imensurável... que me diz vai e faz o canto dos meus lábios se erguerem  quase que no mesmo instante de identificação do meu cérebro para 'alma saciada'...

(...)

♫♬Sou um ser humano e hoje escolho viver pelo poder do Espírito... prefiro te ouvir  cumprir o meu chamado.  Espirito de Deus vem inundar o meu ser...♬♫

16 de maio de 2018

Vinde

Espírito santo
É incrível como me sinto quando
Invade o meu ser
Não dá pra explicar
A vontade que tenho de chorar
Quando o meu coração arde com
Tua presença

Quando entro na casa do pai
Me esvazio de tudo
Pra que você me encha
Com apenas o que é seu
Nada que vêm de mim quero manter

Sou ser humano
Mas escolho hoje, viver pelo espírito
Escolho estar na casa do pai
Selando um novo tempo
Vivendo um novo
Eu prefiro te ouvir
E cumprir o meu chamado
Espírito de Deus
Vem inundar
O meu ser

Espírito santo
É incrível como me sinto quando
Invade o meu ser
Não dá pra explicar
A vontade que tenho de chorar
Quando o meu coração arde com
Tua presença

Quando entro na casa do pai
Me esvazio de tudo
Pra que você me encha
Com apenas o que é seu
Nada que vem de mim quero manter

Sou ser humano
Mas escolho hoje, viver pelo espírito
Escolho estar na casa do pai
Selando um novo tempo
Vivendo um novo
Eu prefiro te ouvir
E cumprir o meu chamado
Espírito de Deus
Vem inundar
O meu ser

Calma...

Nem sei por onde começo
Parece que pelo fim
Pois parar aqui eu vim
E foi por causa do cansaço
Há tanto peso em meu braço
Há tanta pressa no passo
No fim que arruma o começo
E só por isso que eu rezo

E peço calma

Calma
E peço calma pra minh‘alma
Peço calma

Nem sei por onde eu tento
A te dizer de mim
Sou vagão fora do trilho
E feito vinho já no fim
Vim te pedir uma trégua
Das lutas e aperreios
Não sei viver sem guarida
Peço os teus divinos freios

E peço calma
Calma
E peço calma pra minh‘alma
Peço calma

Andei, andei, andei em vão
Pois perdi meu coração
Na ilusão de tanta pressa
Eu trago passo pequenos
Confio em tua mão
Pois tu és senhor do tempo
Então me ensina a dizer não

E peço calma
Calma
E peço calma pra minh‘alma
Peço calma

Ainda bem que a Ziza Fernandes canya por mim... em mim...

27 de janeiro de 2018

...

Sorri, pra mim
Não deixa o sol se pôr
Aqui estou querendo parar o tempo
E não desistir
É só sorrir pra mim
E a vida que eu vivi sem você
Eu quero desviver
Vou recriar o mundo
Pra gente caber junto
Desalinhar o tempo
O espaço por nós dois
Eu te encontrei dentro de mim
Não posso mais ser só
Não quero desatar o nosso nó(s)
Sorri, pra mim
Sonha e eu vou buscar
Eu só preciso do teu sim
Acalma o meu coração, doído
Te traz pra mim
E sorri
Vou recriar o mundo
Pra gente caber junto
Desalinhar o tempo
O espaço por nós dois
Eu te encontrei
Dentro de mim
Não posso mais ser só
E tenho onde erguer meu lar...

13 de outubro de 2017

Crise na vida consagrada???

Tenho recebido muitas graças. Isso é fato. Creio em todas elas e sei de muitas não tenho consciência... porque Deus é prudente em não me revelar todos o seus mistérios...já que eles alimentam a minha busca pela Verdade a meu respeito.
Tenho sido tentada a olhar pra trás... a desejar outros caminhos.. isso causa dentro de mim rebeldia e aspereza...são momentos em que não penso muito pra falar e acabo ferindo pessoas...já que aqui dentro há tantas vozes , barulhos e coisas que não há muito espaço para a reflexão, compaixão e para o outro... tudo sai porque excede ...sem muito controle. Isso é lamentável e sem justificativa.
Na oração falta-me coragem de enfrentamento. Decisão e renúncia de mim mesma... lutando com o meu comodismo ...sem força esqueço de que a vida consagrada a Jesus é de escolha e pressupõe a luta.
Tudo parece se levantar fantasiado de desejos e sonhos antigos e sem purificação alguma...no trabalho, no matrimônio, pessoalmente, nos relacionamentos, na vida espiritual, aff. O que é isso tudo num tempo de tanta graça? Senão um desejo de Deus em lutar comigo de forma desigual porque me conhece e move LITERALMENTE o mundo por mim para que eu seja SEMPRE sua!!! E deixe de me importar com que os outros pensam de mim... e deixe que o Seu Amor vá me convencendo de que Ele me basta e nada do que eu faça  ou deseje muda o fato de que Ele me possui...mesmo nesses momentos tão difíceis!
Meu senso de responsabilidade me faz rezar pelos outros... não quer perder nenhuma das ovelhas que Deus me confiou... mas a mesma coragem que tenho para rezar  por eles não se repete comigo... quando vacilo na escolha, deixando me tomar pela dúvida ou dando brecha para a sedução da minha carne  vou experimentando o peso da cruz, como se minha alma não necessitasse dela para repouso...
Vou indo para esse Retiro sobre A CRISE NA VIDA CONSAGRADA...sei que lá vou identificar a minha... mas minha carne rejeita, e não quer ir... não que deixar-se vencer pelas escolhas de Deus ... Eu escolhi passar meu aniversário com amigos em um sitio, na piscina...bolo, diversão, e principalmente descanso  e ausência de compromisso...Ele quer me levar para um sitio sim, mas pra ficar em silêncio, quieta, com irmãos forjando a vida comunitária sem o excessos que desejei... e imaginei... ahhhhhhhhh minha carne grita...
Vou compreendendo que  a Virgem Maria essa semana quis me colocar debaixo do manto dela e me ensinar a ser uma boa filha... e ela mesmo vai me dizer e ensinar e dar o que eu preciso....eu como filha rebelde que sou vou titubeando....mas vou... pois temo o meu Deus e vou percebendo que os meus mais íntimos desejos e promessas proferidas nos momentos mais decisivos da minha vida vão se concretizando por força e graça Divina...vencendo a minha vontade... porque desejei primeiro fazer a Vontade Dele.
Nada concreto sobre meu trabalho. Bendito seja Deus.
Nada concreto sobre meu Aniversário. Bendito seja Deus.
Nada concreto em nenhuma área da minha vida! Bendito seja Deus.
Porque só assim tenho a certeza que não sou conduzida por mim mesma... que Deus vai me configurando a Ele à duras penas.
Amanhã rezem por mim, pelo meu aniversário.
Amo vocês e precisei de muita violência para dobrar o orgulho de não ser uma Pastora forte e santa como vocês merecem... mas há em mim um desejo imenso nisso tudo. E creio que o Senhor recompensa o esforço da busca.
Até semana que vem.

Amanhã a noite talvez celebrem meu aniversário lá se houver espaço na programação do retiro. Quem sabe???

pirando o cebeção...

escrever é preciso.
tem coisas que só sai da gente assim.

tempo de tantas graças e bençãos e que a humanidade grita.

aqui dentro crises e confusão...tempo de reflexão amadurecimento, crescer dói...envelhceer também.
olhar pra trás ter uma história significativa é tão surreal...

hoje vamos iniciar um tríduo de crise, e sofrimento, como uma lagarta que entra no casulo e espera a dor ser tratada,,,

união das vontades: desejo e repugnação intesamente opostos se degladeiam aqui.

a aversão é regra grita a ponto de forjar não incomodo das letras minúsculas de inicio...

quero praia, festa e bolo e fujo assumir  
o esquecimento e solidão missionário diante dos meus
na violência em acolher a novidade, os novos e a alegria certa da promessa

ah! ate´surpresas tô aceitando...

com tudo fora do lugar vou me submetendo ao novo constantemente... causando inseguranças e naturalmente agressividade... afff

ah, não quero nada...desejando tudo
flores, bolo, presente, pessoas, família...

inconstância e bipolaridade 


vamos la... que Aparecida venha unir minha cabeça e coração ao resto do corpo numa unica vontade de unir o ser e o ter numa que seja mais aceitável que eu...


40 anos
quem sou eu?
quem és Tú? 

25 de setembro de 2017

Sobre essa mensagem

O Relativismo é o tema central dessa mensagem. Tudo depende... uma Verdade para ser verdade precisa ser absoluta. Se não é absoluta então não é verdade...mas um conceito...

Perdão. 

Não sou chamada a ser indiferente ao outro. Sou chamada a amar, a dar atenção, a me dar ao outro independente do que ele me dá... sou chamada a perdoar, a procurar, a não medir esforços pelo outro porque muito foi me dado de graça e de graça sou chamada a distribuir... penso que o Criador é quem decide quem entra na minha vida e por isso mesmo não posso definir quem e quando sai... se fosse assim muita gente teria permanecido vivo aqui do meu lado... já que também acredito que tudo o que vivo está sob o senhorio d'Ele na minha liberdade de crer.

Pra mim a Verdade não dói  mas liberta! Deixa-nos livres pra pensar e agir... não aprisiona os mais queridos próximos à mim... isso seria egocentrismo... só o que eu gosto e quem eu decidi fica por perto... então seria Deus de mim mesma...

Na minha história tenho feito a experiência de valorizar quem não me valoriza... de ir até aquele que nada pode me dar em troca nem se quer um afeto... esse amor desinteressado me faz feliz... porque O descubro maior que eu... 

Não é  fácil, confesso! Sinto falta dos que viveram ao meu lado experiências maravilhosas e que fazem parte da minha história... sinto falta daqueles que creem no mesmo que eu, que gostam das mesmas coisas... etc... mas me vejo livre de verdade junto aqueles que nada podem pode me oferecer... me empobrecem dos elogios e reconhecimentos  e necessidades de auto afirmação que não me levarão onde quero ir...

Se fosse assim já teria a minha recompensa aqui e não é isso que sonho para mim.

Tempo de falar

Há muitas palavras
Há muitos sons
Hora de expor
Hora da partilha
Pra consolidar...
Organizar
Pensar de novo.

Vejo imaturidade pelo ar.
Receio de ser.
Crises éticas, morais, espirituais e emocionais veladas matando mais que a guerra.

Hoje começo com relativismo...
Onde TUDO DEPENDE...
Onde a flexibilidade é  negativa porque cede e se omite totalmente sob o massacre ideológico.

Se existe respeito deveria poder se dizer o que se pensa livremente e não se fazer calar diante a ditadura das "novas verdades"...

Hoje não posso ser branca
Não posso ser hetero
Não posso ser cristã
Não posso ser religiosa
Não posso expressar parte de quem eu sou
Agora sou eu que recebi o troco
Que sou escravizada, amordaçada...
Ah liberdade! Liberdade.

A libertinagem te venceu!
E em nome do politicamente correto "tudo pode"... ser quem quiser...

Ficar pra sempre num personagem criado na sua imaginação... com.relacionamentos rasos e afetos sendo cultivados de na medida que eu quero e até onde eu estou feliz...

As pessoas se agregam e se aproximam somente daquilo e daqueles que não se opõe, que se pensa igual, que se faz o mesmo, que gostam das mesmas coisas... 

Como se aprende sem o oposto?!
Alguém pode me explicar com conceitos psicológicos e educacionais convincentes...

Na minha estante não achei!
Tô cansada de manter 'me só a observar... aqui é  meu... então posso falar.